quinta-feira, 22 de fevereiro de 2018

SINDACS-AL EM AÇÃO NOS MUNICÍPIOS ALAGOANOS

   Na manhã de quinta-feira  (22/02) o Presidente do SINDACS-AL, Fernando Cândido esteve reunido com os Agentes comunitários e de Combate as Endemias do Município de Atalaia.

   A reunião aconteceu na Câmara Municipal e foi promovida pelos diretores do sindicato, Neto Brás e Matias.

terça-feira, 20 de fevereiro de 2018

SINDACS-AL EM AÇÃO NOS MUNICÍPIOS ALAGOANOS

  Na manhã dessa terça-feira (20/02) o Presidente do SINDACS-AL, Fernando Cândido acompanhado do Advogado do Sindicato, Dr. Felipe Zanoto estiveram participando da assembleia geral em Coruripe.

   A assembleia foi articulada pelo Roberto Santos, Diretor do SINDACS-AL e teve finalidade de aprovar a minuta do Plano de Carreira dos Servidores de Coruripe, além de passar informações a cerca da atuação do sindicato a nível municípal, Estadual e sobretudo a nível nacional.

   Para Fernando Cândido, Presidente do SINDACS-AL o reajuste do piso e a derrubada dos vetos ao PL 6437 são prioridades do SINDACS-AL.
SINDACS-AL presente na manifestação contra a reforma previdenciária no Aeroporto de Maceió.
    A REFORMA DA PREVIDÊNCIA é nociva a toda sociedade, mas é pior para os Agentes comunitários e de Endemias pq dificulta ainda mais a concessão da aposentadoria especial para quem trabalha em lugares insalubres.

    O seu Deputado Federal é a favor  da reforma da Previdência?

      Se votar a favor, não volta.
SINDACS-AL EM AÇÃO NOS MUNICÍPIOS ALAGOANOS
    Os dirigentes do SINDACS-AL, Fernando Cândido e Nelson Cordeiro estiveram no Município de Craíbas protocolando um expediente, requerendo da Secretaria de Saúde uma audiência para tratar a pauta de reivindicações da categoria.
SINDACS-AL EM AÇÃO NOS MUNICÍPIOS ALAGOANOS


    Na manhã da última sexta-feira  (09/02) o Presidente do SINDACS-AL, Fernando Cândido do Nascimento e o Diretor Executivo, Nelson Cordeiro estivera reunidos com os Agentes comunitários e de Combate as Endemias do Município de Limoeiro de Anadia.

     A reunião foi articulada pelo Bastos,  Diretor Municipal e teve a participação efetiva da Categoria.

quinta-feira, 8 de fevereiro de 2018

FENASCE NA BUSCA DE DIREITOS PARA AS CATEGORIAS ACE e ACS


   No dia 06 fevereiro (terça), o presidente da Federação Nacional dos Agentes Comunitários de Saúde e de Combate às Endemias, realizou várias atividades no intuito de garantir direitos para os ACE e ACS.

   Luís Cláudio protocolou um ofício junto ao Ministério da Saúde solicitando uma audiência para melhor debater sobre a portaria 83/2018 que trata sobre a formação técnica em enfermagem para os ACE e ACS, e também um ofício pedindo ao ministro Ricardo Barros que se posicione em relação a PEC 22/2011 que dispõe sobre o reajuste da categoria.

   Logo após Luís Cláudio foi recebido no Departamento de Atenção Básica-DAB onde mais uma vez insistiu que a portaria tem que ser melhor discutida com a base.

   Não podemos ficar reféns de uma portaria que aumentará as atribuições da categoria, sem nenhuma garantia de valorização salarial.
"Já temos muitas atividades dentro das nossas próprias funções, agregar ainda mais atribuições sem ouvir as entidades representativas, seria um desrespeito conosco", afirmou Luís Cláudio.

   A FENASCE  continuará  cobrando que a categoria seja respeitada e valorizada.

PREFEITURA CORTA SALÁRIO DE SERVIDORES DO MUNICÍPIO DE MACEIÓ QUE ESTÃO DE LICENÇA MÉDICA 
   O SINDACS-AL se reuniu na manhã de segunda-feira  (05/02) com o Braga, Secretário de Administração de Maceió para tratar dos descontos inesperados feitos pelo município nos salários dos servidores públicos municipais que estão afastado do exército funcional por licença médica.

   O Secretário afirmou que foi cortado o adicional de insalubridade e o servidor que está de licença médica só faz jus a 91% do salário que é o chamado auxílio doença, conforme determina a legislação específica do IPREV.  

   Quanto ao desconto da gratificação dos profissionais do PSF foi informado que foi indevido e que será devolvido.

   Como se não bastasse o fato do servidor está doente, passando por um momento difícil ainda tem que amargar um corte de aproximadamente um terço de seu salário... é desumano, afirma Fernando Cândido, Presidente do SINDACS-AL.

   Braga ainda informou que o desconto no salário dos 376 servidores de licença médica, causou uma economia de aproximadamente 300 mil reais aos cofres do município.